Festival de Inverno 2019 - Oficina de Contrabaixo - Glecio Nascimento

Baixista profissional desde 2001 (Acústico e Elétrico), Glécio graduou no Conservatório e Faculdade Souza Lima. Foi orientado por Sizão Machado, Zuzo Moussawer, Lupa Santiago e Gilberto de Syllus.

A principal influência musical de Glécio Nascimento é a música boa, músicas que o levem a ter uma sensação visceral de força e sentimento musical intenso. Para ele é importante que a música soe bem aos ouvidos, tanto no aspecto melódico como na letra e arranjos harmônicos. Essa influência não direcionada o permite que seja possível conseguir aproveitar todas as técnicas que os baixistas aplicam nas músicas para construir suas próprias características como músico.

Como músico profissional, o baixista já acumula muitos quilômetros percorridos pelas estradas musicais. Já tocou em festivais como Rio das Ostras Jazz Festival, IB&T Fest, Festival Cover Baixo, Cascavel Jazz Festival – PR, Clube do Choro de Brasília – DF, Santos Jazz e Ipatinga Live Jazz – MG.

Glécio Nascimento já tocou com muitos músicos renomados da música instrumental nacional e internacional como Bocato, Edu Ardanuy, David Liebman, Maestro Spok (Spok Frevo Orquestra), Michel Leme, Lupa Santiago, Arismar do Espírito Santo, Cuca Teixeira, Nenê Baterista (Realcino Lima Filho), Vernon Neilly, David Costa, Marcelo Coelho, Joe Mulholland, Dinho Gonçalves, Mauro Hector, Abner Paul, e Fernando Correa.

Também se apresentou com cantores, incluindo Wilson Simoninha, Sandra de Sá, Wanderléa, Babi Mendes e Mariana Avena (Raices de América).

Do alto de uma experiência com mais de quinze anos de experiência na cena musical, o baixista também participou de gravações em vários projetos musicais como “Sintoma”, um álbum que gravou com Alex Correa, Adauto Dias, Arismar do Espírito Santo e Nenê Baterista; “Expressividade”, com o pianista David Costa; “Atitude Blues” e “Live in Santos”, com o guitarrista Mauro Hector; “#1”, com o baterista Igor Willcox; e o mais recente disco, produzido pelo renomado produtor musical Rick Bonadio, “Legalizando a Arte”, com a banda Maquinamente.

Atualmente o músico faz parte do corpo docente da Faculdade e Conservatório Souza Lima, em São Paulo, se dedica a gravações, shows, arranjos, trilhas sonoras, workshops, cursos, clínicas, simpósios, congressos e produção de conteúdos para revistas, mídias sociais e sites direcionados ao mercado musical no Brasil.

Ser um baixista versátil e se adaptar facilmente as vertentes musicais que vão surgindo é um fator muito importante para ser atuante, uma das principais características de seu processo criativo como músico é ouvir as canções que são apresentadas e utilizar sua própria linguagem musical nas execuções.

Os conteúdos musicais de Glécio Nascimento podem ser facilmente encontrados em diversas mídias socais como Facebook (48 mil Seguidores), Instagram (15 mil Seguidores) e Youtube (Canais de Diversos Artistas), além de plataformas digitais com as gravações as quais teve participação.